Finanças

Como fazer o cálculo de antecipação de recebíveis?

Por Cashforce • 27 de janeiro de 2021

O fazer o cálculo de antecipação de recebíveis, em muitos casos, para obter capital de giro, é importante em diversas etapas da saúde financeira da organização.

De fato, essa é a melhor saída, pois as taxas são mais baixas entre as transações.

Mas, alguns gestores entendem pouco sobre esse recurso e um bom cálculo pode ajudar a tomar essa decisão. Pensando nisso, trouxemos um conteúdo que explica sobre o cálculo de antecipação de recebíveis e como ele é feito.

A Cashforce mostra o caminho certo para que a sua empresa tome sempre as melhores decisões, visando opções e meios de manter um bom fluxo de caixa.

Acompanhe o conteúdo e sane todas as dúvidas em relação a como calcular a antecipação de recebíveis.

Mas, afinal, o que é a antecipação de recebíveis?

A antecipação de recebíveis é um recurso financeiro que permite que as empresas recebam um determinado valor antes da data de pagamento.

Apenas empresas que trabalham com adiantamento de recebíveis podem fazer esse tipo de transação.

Portanto, ela pode ser considerada como uma modalidade de crédito, mas, é diferente e considerada melhor que os empréstimos. Geralmente os juros de um empréstimo é maior, já o da antecipação não, pois a empresa está adiantando um pagamento que será dela uma hora ou outra.

De forma simplificada, a empresa está adiantando um recurso que deve ser usado como uma alternativa a curto prazo. Pois, muitas operações usando a antecipação de recebíveis, pode prejudicar o fluxo de caixa anual da empresa.

Ou seja, para obter capital de giro e manter um bom fluxo de caixa, em alguns casos, recorrer à antecipação se torna a melhor opção. Mas, para que seja feita de maneira correta é preciso que se encontre empresas que fazem isso, com ótimas taxas.

Com a Cashforce é possível fazer uma boa antecipação de recebíveis, com ótimas taxas em relação ao mercado. Além de ser uma plataforma completamente intuitiva e completa, existem diversos recursos que podem ser úteis para sua organização.

A antecipação de recebíveis também oferece menor risco para a instituição, já que ela está diretamente firmada com um contrato já elaborado.

De fato, esse é um processo muito mais fácil de ser contratado para obter capital de giro, principalmente para micro e pequenas empresas.

A principal vantagem desse processo é ter o dinheiro antes do prazo final e com ótimas taxas de juros, como mencionamos acima. Com custos menores que os de tomada de crédito, significa ter mais tranquilidade com as finanças da empresa.

Como fazer o cálculo de antecipação de recebíveis?

Como é feito o cálculo de antecipação de recebíveis

A taxa de antecipação é realizada a partir de uma taxa de desconto referente a 30 dias corridos. Porém, a sua cobrança obedece a proporção dos dias antecipados em cada parcela.

Essa taxa refere-se à mobilidade da venda (a venda pode ser no débito, crédito à vista e crédito parcelado). Mesmo se você antecipar ou não as suas vendas, essa taxa administrativa é aplicada.

Sendo assim, a taxa administrativa não deve ser somada à taxa de antecipação. Ou seja, estamos falando de duas taxas diferentes.

Os valores antecipados são diferentes sempre que as vendas são feitas no crédito. Já as vendas no débito acontecem naturalmente entre dois ou três dias.

Para começar o cálculo de antecipação de recebíveis, é preciso tirar as taxas administrativas do valor total.

Após isso, você faz uma nova conta que é dividir o valor novo pela quantidade de parcelas que foi estabelecida.

Com o valor de cada parcela com a taxa administrativa descontada, o próximo passo é realizar o desconto de antecipação. Sendo aplicada em cima de cada parcela, de acordo com a quantidade de dias antecipados.

Por exemplo, caso antecipe uma parcela que tem vencimento em 30 dias, vai ser pago X% multiplicado por 1, pois a antecipação foi feita sobre um mês. Para parcelas com o vencimento para 60 dias, a taxa seria de X% multiplicado por 2 e assim sucessivamente, de acordo com o número de parcelas.

Abaixo, é possível conferir um passo a passo explicando de maneira mais simples como funcionam os cálculos corretamente, desde a taxa administrativa até a antecipação de recebíveis.

Desconto de taxa administrativa do valor bruto da venda

A sua empresa realizou uma venda no valor de R$2.000,00 em 10 vezes. A taxa administrativa para crédito parcelado, geralmente, é de 3%.

O primeiro passo é descontar o valor da taxa administrativa para fazer o cálculo correto da antecipação de recebíveis:

R$2.000,00 – 3% = R$1.940,00

Sem antecipar nenhum valor desta venda, a empresa pode receber R$1.940,00 no final do parcelamento. Esse valor é o total líquido sem a taxa administrativa.

Divisão do valor líquido sem a taxa administrativa

No final do parcelamento, a empresa pode receber o valor de R$1.940,00 caso não antecipe nenhuma parcela, como citado acima. Em resumo, serão 10 parcelas de R$194,00 pelos próximos meses.

R$1.940,00 / 10 = R$194,00

Como fazer o cálculo de antecipação de recebíveis?

Aplicar a taxa de antecipação de recebíveis

A partir do valor líquido de cada parcela, é necessário aplicar a sua taxa de antecipação, neste caso, vamos supor que a taxa de antecipação é de 3% ao mês. É importante lembrar que, quanto maior o parcelamento, maior vai ser a taxa de antecipação.

Neste caso, a taxa de 3% é relativa ao período de 30 dias. Caso apenas uma parcela seja antecipada, o desconto será proporcional ao número de dias antecipados.

Portanto, caso a venda tenha sido realizada no dia anterior e a antecipação no próximo dia, deve ser aplicado a taxa de antecipação em cima do valor da parcela. Após isso, deve ser feito o cálculo de desconto em cada uma delas.

Portanto, o cálculo deve ser: para o segundo mês, taxa de antecipação multiplicado por 2 (3% x 2), para o terceiro mês, a taxa de antecipação x 3 (3% x 3) e assim sucessivamente.

O vencimento das parcelas muda com o tempo, por conta do acúmulo de dias. Ou seja, a primeira é 30 dias, a segunda 60 dias, a terceira 90 dias e assim em diante.

Conclusão

Fazer o cálculo de uma antecipação de recebíveis não é um bicho de 7 cabeças.

Esse cálculo é uma forma dos gestores financeiros controlarem de maneira correta o capital de giro. Como dissemos, a antecipação de recebíveis é uma das melhores aplicações por conta do valor baixo nos juros, mas, deve ser feito da maneira certa.

A Cashforce conta com diversos meios de fazer a antecipação de recebíveis de maneira correta para a sua empresa. Além disso, com nossos conteúdos, é possível aplicar algumas táticas financeiras no dia a dia.

Para saber mais, clique aqui e acesse os nossos conteúdos.


assine nossa newsletter

Mantenha-se atualizado com as últimas novidades do Supply Chain Finance

Posts relacionados